Israel – Sinal de Deus para o mundo

Deus escolheu a nação de Israel para que, através dela, todo o mundo conhecesse o Senhor, por meio da descendência de Abraão, Isaque e Jacó, todos os povos tomariam conhecimento a respeito do verdadeiro Deus e seriam admoestados a abandonarem a idolatria e os falsos deuses. As nações saberão que eu sou o Senhor Ezequiel 37.28.

De fato, foi através dos judeus que recebemos a bíblia e foi entre eles que nasceu Jesus, o Messias, entretanto, o propósito de Deus não terminou, ainda hoje, Israel é um sinal de Deus para toda a humanidade.

Um dos maiores acontecimentos da história recente daquele povo foi o seu retorno para a sua terra, nós, os que nascemos na segunda metade do século XX, estamos acostumados a ver o território de Israel no mapa mundi e vemos isso com naturalidade, entretanto, esse fato é um milagre de Deus, pois Israel não estava no mapa em 1947, de fato, desde o ano 70 D.C, os judeus estiveram espalhados pelo mundo, mas, havia diversas profecias divinas sobre aquele povo, eles haveriam de retornar à terra prometida, conforme vemos na bíblia em Jeremias 31.10; Ezequiel 36.24 e 37.21-22, afinal, a promessa que Deus fez a Abraão determinava que a sua descendência teria a posse da terra chamada Canaã, também conhecida como Palestina, e de grande parte dos arredores, ou seja, seus limites iriam desde o mar Mediterrâneo, no lado ocidental, até o rio Eufrates, ao oriente, e desde a fronteira do Egito, ao sul, até os limites da Síria, ao norte, Genesis.15.18 e Josué 15.12,47, e é um território bem maior do que o que é ocupado por Israel hoje.

Como é possível que um povo fique disperso pelo mundo durante quase 2000 anos e não se misture e não perca a sua identidade étnica e cultural?
É um milagre de Deus, maior milagre é esse povo recuperar a sua terra, e isso aconteceu em 1948, mas, os palestinos, que estiveram morando lá durante a ausência dos judeus, não se conformam em terem que devolver o território aos seus antigos donos, este é o motivo dos conflitos constantes naquela região, muitas são as tentativas de se realizarem acordos de paz, mas, tudo isso é em vão e ao mesmo tempo em que Israel é uma mensagem viva da existência de Deus, é também um incômodo para os seus vizinhos, que se julgam proprietários da Palestina e, principalmente, de Jerusalém.

No livro de Apocalipse, João escreveu sobre Israel, relacionando-o aos fatos dos últimos dias nos capítulos e versículos, 7.4-8; 11.2; 14.1; 16.16 e 20.9, era então necessário e certo que os judeus voltassem à sua terra, para estarem a postos para os acontecimentos apocalípticos, antes que tais eventos ocorram, não haverá paz no oriente médio, muitas nações estarão enfurecidas contra Israel, até que aconteça a batalha do Armagedom e outros combates escatológicos, Ezequiel 38Daniel 11.40-45.

Israel voltou à sua terra e é hoje um país do primeiro mundo, os judeus se destacam em diversas áreas do conhecimento humano, um desses destaques é a sua avançada técnica de irrigação, pela qual, as regiões áridas estão produzindo flores em abundância, mas isto não é surpresa para quem conhece a bíblia, já estava profetizado há muitos séculos, que o deserto iria florescer, Josué 41.18-20; Isaias 35.1-2 e Ezequiel.36.35.

A própria nação floresceu, Josué 27.6 e Oséias 14.5,7, como disse Jesus, quando brota a figueira está próximo o verão, Israel é essa figueira que nas últimas décadas brotou, floresceu e frutificou, é um sinal de Deus para o mundo, da mesma forma, os conflitos que ali acontecem são sinais dos últimos dias. Israel está no centro das guerras profetizadas para o fim, Mateus 24.16, alguém pode argumentar que foram os próprios judeus que escreveram todas essas profecias, e de fato, foram, mas inspirados por Deus. É impossível que alguém possa escrever um livro com previsões fantásticas sobre seus descendentes que viverão dezenas de séculos mais tarde, se alguém escreveu e acertou, só pode tê-lo feito mediante a inspiração divina.

O que o mundo pode esperar para o futuro? Progresso? Paz?
Apenas por períodos transitórios, I Tessalonicenses 5.3, a marcha dos fatos se dirige para o confronto, as guerras aumentarão e o mundo mergulhará em grande tribulação, não podemos determinar os tempos e as épocas, mas conhecemos, pela bíblia, os sinais do fim.

Os que creem em Cristo como salvador não têm o que temer, pois ele disse: Ora, quando essas coisas começarem a acontecer, exultai e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima Lucas 21.28.

Que Deus nos abençoe.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que você aceita isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar