O Obreiro – um Vaso de Honra

14 Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes. 15 Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. 16 Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. 17 E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; 18 os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns. 19 Todavia, o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade. 20 Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. 21 De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor e preparado para toda boa obra. 22 Foge, também, dos desejos da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor. 23 E rejeita as questões loucas e sem instrução, sabendo que produzem contendas. 24 E ao servo do Senhor não convém contender, mas, sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor; 25 instruindo com mansidão os que resistem, a ver se, porventura, Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade 26 e tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em cuja vontade estão presosII Timóteo 2.14-26

Para realizar seus milagres, Deus precisa de vasos disponíveis e foi assim na multiplicação do azeite da viúva como esta relatado e  II Reis 4 e na transformação da água em vinho e João 2, sabemos que Deus pode fazer maravilhas quando nos apresentamos a Ele como vasos disponíveis para a sua obra, Atos.9.15.

Mas como devemos estar para que Deus nos use como seu instrumento de benção?

  1. Enquanto formos inflexíveis como a pedra, não poderemos ser usados, ser inflexível é não perdoar, não aceitar correção, não se arrepender, não reconhecer o erro, não chorar, não querer mudar. Devemos ser flexíveis como o barro nas mãos do oleiro, Jeremias 18.1-6. A lama não serve, pois representa instabilidade, insegurança e contaminação.
    Sejamos como o Ouro e a Prata que são muito úteis, mas devemos lembra que teremos  que
    passar pelo fogo, como Ouro e a Prata, das tribulações para se tornarem flexíveis e puros.
  2. O vaso precisa estar limpo, por dentro e por fora, precisa estar limpo dos pecados do corpo e da alma visíveis, que você vê, e dos ocultos, que só Deus vê.
  3. Na bíblia encontramos vasos contendo água, João 2, vinho, João 2, perfume, Lucas 7.37, azeite, II Reis 4, maná, Êxodo 16.33, tesouro, II Coríntios 4.7, vinagre, João 19.29, etc.
    Precisamos nos livrar do conteúdo maligno, do pecado guardado, precisamos nos encher da palavra de Deus, Colossenses 3.16 e do Espírito Santo, Efésios 5.18.
  4. Deus não precisa de vasos ornamentais sem utilidade, precisamos ser vasos que recebe, guarda, conserva e compartilha na hora certa a palavra de fé, amor, unção, etc.

Coloque-se nas mãos do oleiro para que Ele o transforme, limpe e o ponha em uso para a sua glória.

Seja sempre abençoado(a), comente e compartilhe a mensagem com um amigo(a).

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que você aceita isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar